Notícias



“O governo quer trabalhar com empresas de engenharia do Rio de Janeiro, pois passamos por um momento de desaquecimento da economia. A construção é um setor que ajuda a fortalecer o estado, uma vez que gera muitos empregos”. Foi com esta frase que o secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osório, concluiu sua apresentação para os representantes das empresas associadas à AEERJ nesta sexta-feira, 31/07, na sede da Associação.

Durante duas horas, Osório explicou para os mais de 60 associados presentes os projetos de investimentos em mobilidade urbana do governo do estado, o Programa de Investimento e Logística (PIL) do governo federal e, ainda, anunciou as obras que serão executadas em curto prazo.

- O estado do Rio de Janeiro tem um conjunto de ótimas oportunidades de obras que vão sair do papel a curto prazo, pois já têm recursos financeiros. Destacou a extensão das concessões federais, a expansão da Linha 2 do metrô, o programa de segurança viária da SuperVia, a ampliação do aeroporto de Angra dos Reis e a construção de um aeroporto em Volta Redonda – elencou o secretário.

Carlos Roberto Osório apresentou os planos de melhorias para cada um dos meios de transportes da Região Metropolitana do estado - barca, bonde, metrô, ônibus e trem. No entanto, o secretário declarou que, por atravessar dificuldades financeiras devido à queda na arrecadação em 2015, o governo está empenhado na contratação de projetos.

- Tão logo tenhamos recursos financeiros, os projetos serão executados – adiantou Osório.

Além de Carlos Roberto Osório, a mesa da palestra foi composta pelo subsecretário estadual de Transportes, Delmo Manoel Pinho; pelo presidente do Conselho Consultivo da AEERJ, Francis Bogossian; pelo presidente executivo da Associação, Luiz Fernando Santos Reis; e pelo diretor regional da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP-RJ), William Alberto de Aquino Pereira, que apresentou o novo Plano Diretor de Transporte Urbano da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (PDTU), recém atualizado.

- É um projeto feito com recursos do Banco Mundial, que delineia um sistema de transporte estruturado e eficaz para uma melhor qualidade de vida para a população – destacou Aquino.

Após as apresentações, foi aberto o debate para que os participantes pudessem fazer perguntas as autoridades presentes.

Clique aqui e veja a apresentação completa.

  • Reforma do Jardim Zoológico em licitação



Facebook



 
00:00:03 Alterar a senha | , sair Valid XHTML 1.0 Transitional