Notícias



A mudança do Estatuto da AEERJ para contratação de um presidente executivo, com ampla experiência no setor de obras públicas, sem vínculo com nenhuma empresa de engenharia, para trabalhar com independência pelo fortalecimento das empresas de engenharia do Rio de Janeiro foi a tônica do discurso do presidente do Conselho Consultivo da AEERJ, Francis Bogossian, na solenidade de posse no dia 28 de julho. (Clique aqui para ler a integra)

Ao tomar posse, na mesma cerimônia como presidente executivo da AEERJ, Luiz Fernando Santos Reis, afirmou que a melhoria da qualidade da gestão das obras públicas, com projetos bem elaborados e preços que reflitam a realidade do mercado é onde pretende focar sua atuação.

E acrescentou "a AEERJ tem como um de seus mais importantes objetivos lutar sem esmorecer, contando com o apoio dos governos estadual e municipais, para que os contratos assinados entre as partes sejam respeitados em sua totalidade."

Luiz Fernando foi muito aplaudido depois de explicar que, se de um lado é exigido que o contratado cumpra suas obrigações executanto a obra com qualidade e dentro do preço e prazo estipulados. De outro o contratante também deve garantir a emissão dos empenhos, o pagamento em dia, inclusive reajustamento, e assegurar que as licenças ambientais e desapropriações não interfiram no andamento das obras. (Clique aqui para ler a íntegra)

Encerrando a solenidade, o vereador Luiz Antônio Guaraná, representando o prefeito Eduardo Paes, falou sobre a importância da Engenharia e das empresas do setor na transformação que está passando o Rio de Janeiro.

A cerimônia contou ainda com a entrega dos Prêmios AEERJ - José Luiz Cardoso e AEERJ - Dirceu de Alencar Veloso, para os autores das três melhores dissertações de Mestrado e das três melhores teses de Doutorado de universidades do Estado do Rio. Este ano, dois oficiais da Marinha foram premiados com suas dissestações de Mestrado em 2o. e 3o. lugares o que levou o Almirante Luiz Antônio Rodrigues Hecht, da Diretoria de Obras Civis da Marinha a participar do evento. Em sua fala de agradecimento pela iniciativa da AEERJ, o almirante destacou o investimento da Marinha na formação profissional de seus oficiais e a construção do primeiro submarino nuclear brasileiro. A premiação é patrocinada pelas empresas associadas da AEERJ e este ano foi entregue por Jefferson Paes (Darwin), Reginaldo Assunção (OAS); Norberto Fernandes (Engetécnica), André Bogossian (Geomecânica), Luciana Reis (Carioca) e Leandro Azevedo (Odebrecht). (Clique aqui para conhecer os premiados, as teses e respectivos patrocinadores).

Mais de 300 convidados participaram do evento, que além dos associados destacavam-se, Thiers Montebello, presidente do Tribunal de Contas do Município, Edmar Prado Lopes Filho, ex-presidente da AEERJ; Isaura Fraga, presidente do Inea; Luiz Edmundo da Costa Leite e Luis Renato Vergara, respectivamente, secretários de Planejamento e de Meio Ambiente de Duque de Caxias, os deputados federais Jorge Bittar e Otávio Leite, as entidades do setor da construção estiveram representados por: Roberto Kauffmann (Sinduscon), Carlos Eduardo Lima Jorge (COP/CIB); Mauro Viegas (ABCE); José Alberto Peireira Ribeiro (Aneor)Agostinho Guerreiro (Crea-RJ); Wagner Cardoso (CNI); Carlos Alberto Laurito (Sinicesp) Darcylo Laborne (Sinicon).

   
Foto: Tarso Ghelli
Mesa composta por Thiers Montebello, presidente de TCM; João Lagoeiro Barbará, vice presidente da Firjan; Francis Bogossian, presidente do Conselho Consultivo; Luiz Fernando Santos Reis, presidente executivo; vereador Luiz Antônio Guanará, representando o prefeito Eduardo Paes e Almirante Luiz Antônio Rodrigues Hecht, da Diretoria de Obras Civis da Marinha

  

  
Foto: Tarso Ghelli
Conselheiros eleitos para o triênio 2014/2017, da esquerda para direita, Jefferson Paes (Darwin), Gustavo Souza (Queiroz Galvão), Alberto Quintaes (Andrade Gutierrez), Carlos Alberto Brizzi (Dimensional), João de Deus (Arkhe), José Ary Lacombe (FW Engenharia), Leandro Azevedo (Norberto Odebrecht), Walter Moraes (Engetécnica), Roberto José Teixeira Gonçalves (Carioca), Reginaldo Assunção (OAS), Antonio Machado (Vile Romi), Moysés Spilberg (Spil), Marcos Andrade (União Norte) e Marcelo Silva Neto (Contemat)

  • Edital para revitalização do Túnel Rebouças
  • Índices Emop de junho atualizados



Facebook



 
00:00:03 Alterar a senha | , sair Valid XHTML 1.0 Transitional