Notícias



Dados do Cadastro Geral de Empregados e Previdência e Trabalho (Caged) apontam que, em 2019, foram criadas 644.079 vagas com carteira assinada no Brasil. O levantamento reporta o melhor resultado anual desde 2013. Com isso, o estoque de empregos com carteira assinada chegou a 39 milhões de vínculos – em 2018, esse número tinha ficado em 38,4 milhões.

Oito ramos de atividade reportaram saldo positivo na criação de emprego, de acordo com o Ministério da Economia, entre eles, a Construção Civil, com 71.115 vagas criadas (3º lugar). Em destaque, está o setor de Serviços, com 382.525 vagas (1º lugar), e o Comércio, com 145.475 vagas (2º lugar). O menor desempenho foi o da Administração Pública, com 822 novas vagas (8º lugar).

Entre as cinco regiões do Brasil, o Sudeste mostrou o melhor desempenho no mercado de trabalho em 2019: 318.219 novas contratações com carteira assinada. Além disso, segundo o Caged, houve aumento nos salários. No ano, o salário médio de admissão nacional foi de R$ 1.626,06 e o salário médio de desligamento foi de R$ 1.791,97. Fonte: Ministério da Economia

  • SMIHC publica editais - Reforma de campo de futebol
  • Conclusão do MIS - TCE RJ aprova edital de licitação
  • Manual FGTS Movimentação de Conta Vinculada



Facebook



 
00:00:02 Alterar a senha | , sair Valid XHTML 1.0 Transitional